Notícia

Operação Rodin: testemunhas são ouvidas em ação de improbidade administrativa

13 de maio de 2014 - 18:31
O juiz federal Loraci Flores de Lima, da 3ª Vara Federal de Santa Maria (RS), ouviu hoje (13/5), três testemunhas de uma das ações de improbidade administrativa oriundas da Operação Rodin. As oitivas foram realizadas através de videoconferências com a Justiça Federal de Porto Alegre (RS) e a Unidade Avançada de São Borja (RS). O ex-deputado Mendes Ribeiro Filho, designado como testemunha, não compareceu. O juiz abriu prazo para que a defesa de José Otavio Germano justifique a ausência. Também respondem à ação Delson Luiz Martini, Frederico Cantori Antunes, João Luiz dos Santos Vargas e Luiz Ferando Salvadori Zachia. Operação Rodin Deflagrada em 6 de novembro de 2007 pela Polícia Federal, a chamada Operação Rodin deu origem a dez ações penais e quatro ações de improbidade. Os processos apuram suposta fraude na contratação de empresas para a prestação de serviços para o Detran/RS.

Tópicos relacionados

Outras notícias

teste

Terceiro agendamento
17 de outubro de 2019 - 12:03

teste

Segundo agendameto
16 de outubro de 2019 - 19:23

Teste

Teste de agendamento
16 de outubro de 2019 - 18:38
Todas as notícias
Logotipo do projeto Portas para o Futuro

Aplicativos Eproc

Loja Google Play Loja App Store
www2-des.jfrs.jus.br